logo
Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia.
Rua Senador Theotônio Vilela, número 110, Edifício Cidadella Center II, Sala 407, Brotas Salvador- Bahia
(55) 71 3354 4138
sinaprobahia@sinaprobahia.com.br
Siga-nos
Siga-nos

(71) 3354-4138

Rua Senador Theotônio Vilela, Ed. Cidadella Center II, Sala 407

Seg - Sex 9.00 - 18.00

 

Palavra da Presidente

“É parte da cura o desejo de ser curado”
Vera Rocha

Volto à Presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia) após 10 anos. Em 2009, fui a primeira mulher a assumir essa Entidade, representação legal da categoria econômica das agências de propaganda. Depois, tivemos Laura Passos, no triênio 2012-2016. As mulheres representam um grande contingente nas agências de propaganda e no trade poublicitário. No entanto, a nossa Bahia criativa, que revelou grandes nomes de criadores para todo o Brasil, ainda não consagrou as mulheres. Nossos rapazes criaram trabalhos inspiradores e conquistaram vários Leões em Cannes. Hoje, as mulheres são muitas nos times de criação e eu poderia citar inúmeros nomes, mas vão lá os que me lembro agora: as redatoras Taís Reis, Ana Luiza, Lívia Diamantino, Camila Lordelo e a diretora de arte Lilian Cavalcante. O Sinapro-Bahia, que defende a diversidade e a igualdade de gênero, vai criar formas de valorização do trabalho dessas mulheres que contribuem para a divulgação de produtos e serviços para a construção de marcas na Bahia.

Tenho consciência do difícil estágio da economia nacional e seus reflexos na sobrevivência das agências de publicidade. Mas, como disse o economista Ricardo Amorim em seu site: “A economia segue sempre uma rota cíclica, e atravessa três etapas: contração, recuperação e prosperidade, necessariamente nesta ordem”. Acredito que estamos entrando na etapa de recuperação e já há uma leve retomada de alguns setores. A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) vê crescimento de 3% de vendas em supermercados do Brasil, em 2019. O setor imobiliário voltou a fazer lançamentos e dá sinais de melhoria. A área médica, antes engessada, passou a publicizar seus serviços e avanços tecnológicos. As instituições educacionais receberam novos entrantes, o que acirrou a concorrência e aqueceu os investimentos do setor em propaganda.

A publicidade é o investimento que vai auxiliar as empresas a retomarem o seu crescimento e, nesse cenário, o meio digital ganha relevância. Segundo pesquisa da Secom do Governo Federal, “A rede mundial de computadores se cristaliza como segunda opção dos brasileiros na hora de se informarem. As novas mídias transformam e criam novos modelos de consumo de informação”. Isso faz com que as agências e os anunciantes se atualizem constantemente, sem esquecer que a diferença continua sendo a criatividade. Creio que as transformações disruptivas que estamos vivendo vão definir o novo mundo da publicidade. Acredito no que disse Sêneca, 4-65, “É parte da cura o desejo de ser curado”. E nós queremos crescer contribuindo para o crescimento dos anunciantes e de suas marcas.

Vera Rocha
Presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia).
22 de agosto de 2019