logo
Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia.
Rua Senador Theotônio Vilela, número 110, Edifício Cidadella Center II, Sala 407, Brotas Salvador- Bahia
(55) 71 3354 4138
sinaprobahia@sinaprobahia.com.br
Siga-nos
Siga-nos

(71) 3354-4138

Rua Senador Theotônio Vilela, Ed. Cidadella Center II, Sala 407

Seg - Sex 9.00 - 18.00

Uso de ferramentas de colaboração cresceu 44% durante a pandemia

Uso de ferramentas de colaboração cresceu 44% durante a pandemia

Segundo pesquisa do Gartner, tecnologias de produtividade pessoal e de equipe baseadas em Nuvem, junto com ferramentas de colaboração, estão em alta para atender o novo modelo de trabalho híbrido

Quase 80% dos trabalhadores estão usando ferramentas de colaboração para trabalhar em 2021, ante pouco mais da metade dos funcionários em 2019, de acordo com a pesquisa Digital Worker Experience Survey do Gartner. Este é um aumento de 44% desde o início da pandemia. “As ferramentas de colaboração tiveram uma importância renovada durante o período por seu papel em garantir a produtividade de equipes remotas”, disse Christopher Trueman, analista de Pesquisa do Gartner. “À medida que muitas organizações mudam para um modelo de força de trabalho híbrido de longo prazo, tecnologias de produtividade pessoal e de equipe baseadas na Nuvem, junto com ferramentas de colaboração, formarão o núcleo de uma série de novos centros de trabalho que atendem aos requisitos de vários trabalhadores remotos e híbridos”, afirmou.

Ferramentas de armazenamento/compartilhamento e mensagens móveis em tempo real também tiveram um uso maior durante a pandemia, usadas por 74% e 80% dos 2021 entrevistados, respectivamente. O uso de soluções para reuniões virtuais também aumentou durante a pandemia. Embora os funcionários em todo o mundo tenham relatado que passaram, em média, 63% de seu tempo em reunião presencial em 2019, esse número caiu para 33% em 2021, à medida que mais reuniões aconteciam por meio de soluções habilitadas para áudio e vídeo. Espera-se que o afastamento das reuniões presenciais continue. O Gartner prevê que até 2024, as reuniões presenciais cairão de 60% para 25% nas empresas, impulsionadas pelo trabalho remoto e mudanças demográficas da força de trabalho.

“À medida que os líderes de TI se preparam para uma combinação de modalidades de reunião, será fundamental que eles garantam colaboração equitativa, acesso a ferramentas e recursos para todos os participantes da reunião, independentemente da localização”, disse Trueman. “Soluções de reunião baseadas em Nuvem e plataformas de serviço de conteúdo podem oferecer suporte a isso por meio de ofertas ou integrações com tecnologias, incluindo quadros brancos virtuais, recursos avançados de bate-papo e recursos de gravação e transcrição”, completou.

Fonte: Infor Channel

No Comments

Post a Comment